Connect with us

Corridas

F1BC National Pro 2016/1 @ Jacarepaguá

F1BC National Pro 2016/1 @ Jacarepaguá

Disputada na noite desta quarta-feira (13), a etapa final da National Pro ofereceu, a quem esteve nas arquibancadas virtuais do F1 Brasil Clube, boas e intensas disputas, onde Tadeu Costa se aproveitou da ausência de lastro para dominar, conquistar a vitória e chegar ao terceiro lugar no campeonato, numa bela recuperação. Daniel Machado e Jorge Cavalli completaram o pódio; Neto Nascimento contou com abandonos de seus adversários diretos e foi o campeão da temporada 2016/1 da National Pro.

Na classificação, Tadeu Costa, sem lastro, marcou na pole position, à frente de Daniel Machado, Thiago Pimenta, Diego Acebedo (70kg de lastro) e Vandyg Santiago. Neto Nascimento (90kg de lastro), Jorge Cavalli (10kg de lastro), Diogo Garcia (40kg de lastro), Nielsen Santos e Rodrigo Lisowski (80kg de lastro) completaram o top 10 para o grid de largada.

Classificação
1 Tadeu Costa (Ghost Racer), 1:09.242
2 Daniel Machado (PepperSim), 1:09.560
3 Thiago Pimenta (Target Racing), 1:09.829
4 Diego Acebedo (Target Racing), 1:09.867
5 Vandyg Santiago (Z3 Team), 1:09.911
6 Neto Nascimento (PepperSim), 1:09.974
7 Jorge Cavalli (Shadow Racing), 1:10.019
8 Diogo Garcia (Shadow Racing), 1:10.061
9 Nielsen Santos (Marsch Team), 1:10.087
10 Rodrigo Lisowski (Shadow Racing), 1:10.089
11 Junior Becker (PepperSim), 1:10.164
12 Eraldo Silva (Ghost Racer), 1:10.268
13 Marcelo Souza (4Brothers Motorsport), 1:10.314
14 Joe Silvestrini (4Brothers Motorsport 2), 1:10.314
15 Artur Vieira (4Brothers Motorsport), 1:10.369
16 Renan Oliveira (PepperSim 2), 1:10.523
17 Bruno Ramos (Grip Racing 3), 1:11.289
18 Carlos Leite (Grip Racing 3), 1:13.593

Quem esperava uma largada com incidentes se surpreendeu, pois todos os bólidos passaram pela primeira curva de forma totalmente limpa, onde Tadeu Costa e Daniel Machado largaram bem e se mantiveram nas duas primeiras posições. Thiago Pimenta largou mal e perdeu não só a terceira posição para seu companheiro de equipe Diego Acebedo, como caiu para o meio do grid. Neto Nascimento, vice líder do campeonato até então, já figurava no quarto posto, buscando o terceiro.

As primeiras de várias disputas ocorridas na prova foram protagonizadas por Eraldo Silva, Nascimento e Acebedo. Silva fez duas belas ultrapassagens – sendo uma delas por fora na curva sul – para cima do piloto da PepperSim e logo em seguida no piloto da Target Racing. Nascimento também ultrapassou Acebedo, também por fora e na mesma curva, inclusive.

Daniel Machado, Renan Oliveira e Jorge Cavalli deixaram para realizar suas paradas no fim, desta forma, movimentando o fim de prova. Cavalli se deu bem em sua estratégia, pois após uma bela ultrapassagem sobre Nascimento, assumiu o terceiro posto.

Ao fim, Tadeu Costa confirmou seu domínio na etapa final, conquistando a vitória no tradicional circuito carioca e saindo do décimo primeiro lugar do campeonato para o terceiro. Daniel Machado e Jorge Cavalli também subiram ao pódio. Eraldo Silva foi o quarto, à frente de Neto Nascimento, que com o quinto posto, foi o campeão da categoria em sua temporada 2016/1.

Diogo Garcia, Júnior Becker e Rodrigo Lisowski, também postulantes ao título, tiveram problemas e abandonaram a disputa. O pilotos da Shadow por incidente, sendo o de Lisowski com um retardatário. O piloto da PepperSim teve problemas de conexão. Com os resultados, a PepperSim foi a equipe campeã e levou dois pilotos as duas primeiras posições. A classificação final de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

O F1 Brasil Clube parabeniza Neto Nascimento pelo título, Junior Becker pelo vice-campeonato, e Tadeu Costa pelo terceiro lugar, além da PepperSim, campeã entre as equipes, todos estes ganhando premiações do F1BC, sendo troféus a piloto e equipe campeã, e medalhas aos pilotos vice e terceiro colocados.

A próxima temporada da National Pro se iniciará no circuito de Velo Cittá, no dia 18 de maio, às 22h00 (horário de Brasília). A F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria, como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Câmara de Comércio e Indústria do Brasil, Soap Car, Aliança Consultoria, F1Mania, NRT Servers, SimRacingTools, SimSync, Reiza Studios, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Tadeu Costa (Ghost Racer), 42 voltas
2 Daniel Machado (PepperSim), +0:25.735
3 Jorge Cavalli (Shadow Racing), +0:28.597
4 Eraldo Silva (Ghost Racer), +0:32.724
5 Neto Nascimento (PepperSim), +0:35.826
6 Joe Silvestrini (4Brothers Motorsport 2), +0:39.272
7 Artur Vieira (4Brothers Motorsport), +0:42.738
8 Diego Acebedo (Target Racing), +0:58.513
9 Thiago Pimenta (Target Racing), +0:59.196
10 Renan Oliveira (PepperSim 2), +1:07.272
11 Vandyg Santiago (Z3 Team), +1 voltas
12 Carlos Leite (Grip Racing 3), +2 voltas
13 Rodrigo Lisowski (Shadow Racing), Acidente (30)
14 Junior Becker (PepperSim), Abandono (22)
15 Diogo Garcia (Shadow Racing), Abandono [+20s]
16 Bruno Ramos (Grip Racing 3), Suspensao (28) [LP]
— Marcelo Souza (4Brothers Motorsport), Desclassificado
— Nielsen Santos (Marsch Team), Desclassificado
Volta mais rapida: Tadeu Costa, 1:09.290
Hattrick para Tadeu Costa.

Race Control
Incidente envolvendo os carros de E. Silva e J. Cavalli – Nenhuma ação tomada. [3]
D.Garcia, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [4]
Incidente envolvendo os carros de V. Santiago e M. Souza – Nenhuma ação tomada. [7]
D.Garcia, +20s no tempo fina de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [8]
Incidente envolvendo os carros de R. Lisowski e D. Acebedo – Nenhuma ação tomada.[14]
Incidente envolvendo os carros de B. Ramos e J. Silvestrini – Nenhuma ação tomada.[15]
Incidente envolvendo os carros de M. Souza e N. Santos – Nenhuma ação tomada.[22]
D.Acebedo, Warning – Entrou ou saiu irregularmente nos boxes sem ganho de tempo (14.1.6) [+1 Licença] [27]
N.Santos, +20s no tempo fina de prova – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [28]
B.Ramos, Last Position – Gerou incidente quando em posição de retardatário (14.5.4) [+5 Licença][30]
V.Santiago, Drive-Through – Gerou incidente de nível 2 (14.2.1) [+2 Licença] [35]
M.Souza, Disqualification – Reprovou na Vistoria Técnica (14.6.4) [+6 Licença]
N.Santos, Disqualification – Reprovou na Vistoria Técnica (14.6.4) [+6 Licença]

Pontos na Licença
Diogo Garcia +4
Nielsen Santos +8
Bruno Ramos +5
Vandyg Santiago +2
Diego Acebedo +1
Marcelo Souza +6

Vídeo da etapa

More in Corridas