Connect with us

Corridas

F1BC Formula Light 2016/3 @ Interlagos

F1BC Formula Light 2016/3 @ Interlagos

A Formula Light do F1 Brasil Clube chegou ao lendário circuito de Interlagos, no Brasil, para escrever mais um capítulo da disputa pelo título da categoria. Com a técnica e habilidade dos pilotos sendo mais uma vez testadas em circunstâncias extremas, no seletivo traçado paulista, o troféu da etapa ficou com Rodrigo Cascaes (W3Race), o segundo foi Robson Vieira (Clube do Volante) e o terceiro foi Boris Vaz (Grip Racing).

O treino classificatório trouxe o prelúdio do que viria a ser a corrida, em que o ritmo das voltas rápidas também refletiria o rendimento médio durante a corrida. Rodrigo Cascaes (W3Race) marcou a pole, anotando 1:27.531, uma volta excepcional em relação aos demais, com 3 décimos de vantagem sobre o segundo colocado. Robson Vieira garantiu a segunda posição no grid de largada, com 1:27.850. Boris Vaz (Grip Racing), ficou próximo, cravando 1:27.989. Aristides Graiewska Jr e Henrique Bettega completaram o top 5.

Classificação
1 Rodrigo Cascaes (W3 Race), 1:27.531
2 Robson Vieira (Clube do Volante), 1:27.850
3 Boris Vaz (Grip Racing), 1:27.989
4 Aristides Graiewska (Clube do Volante), 1:28.787
5 Henrique Bettega (Bettega Motorsport), 1:29.368
6 Edivan Monteiro (SUB Racing), 1:29.417
7 Elson Almeida (SUB Racing), 1:29.714
8 Rubens Serinolli (Grip Racing 2), 1:30.162

A largada da Formula Light foi excepcional. Os pilotos e equipes deram um show de fair play e respeito para contornar com sucesso absoluto o S do Senna no primeiro momento da prova. Robson Vieira, do Clube do Volante, tentou aproveitar do fato de largar por dentro da curva 1 para mergulhar em direção ao pole position, na tentativa de tomar o seu posto. Porém, Rodrigo Cascaes, da W3 Race, em uma manobra sensacional, conseguiu se manter lado-a-lado com Vieira, para tomar a preferência na segunda perna do S do Senna e se segurar na liderança do pelotão.

Ainda nos instantes iniciais, destaque para a bela disputa protagonizada por Henrique Bettega, da Bettega Motorsport e Rubens Serinolli, da Grip Racing 2. Ambos os pilotos completaram vários giros em um ritmo bastante similar, com muitas tentativas de ultrapassagem na freada no fim da reta principal e perseguição intensa no miolo do circuito. A briga terminou numa rodada de Serinolli, na entrada do S do Senna, após quase perder a posição para Bettega.

Na sequência, foco total no duelo pelo último lugar do pódio, entre os pilotos Aristides Graiewska Jr, do Clube do Volante e Boris Vaz, da Grip Racing, com direito a uma belíssima defesa de posição por parte de Graiewska, na freada da reta oposta, mantendo-se a frente do seu concorrente mesmo tendo que fazer a curva por fora. Logo depois, o piloto do Clube do Volante acabou errando na curva do pinheirinho e cedendo a posição para Vaz, que estava no seu encalço.

Aproximadamente no meio da prova, todas as equipes convocaram seus pilotos aos boxes, para fazer o que foi a estratégia única da corrida: apenas uma parada. Isto porque, considerando-se o tempo total da troca dos pneus, que é demasiadamente longo em Interlagos, não compensava arriscar uma tática de dois pit-stops, pois seria difícil retomar na pista todo o tempo perdido no pit-lane. Destaque também para um leve incidente que ocorreu envolvendo Robson Vieira (Clube do Volante) e Aristides Graiewska Jr, seu companheiro de equipe. Provavelmente por uma falha de comunicação, ambos acabaram se tocando logo após Vieira ter feito a troca do composto.

Nos instantes finais, duelo eletrizante envolvendo os pilotos da SUB Racing, Edivan Monteiro e Elson Almeida, valendo o sexto lugar. O embate se estendeu até os últimos segundos da corrida, com uma perseguição implacável por parte de Almeida, porém sempre havendo ótimas respostas em matéria de defesa de posição por parte de Monteiro, conseguindo se manter a frente.

No agito da bandeira quadriculada, após uma corrida burocrática e estratégica, Rodrigo Cascaes (W3 Race) faturou a vitória, para continuar vivo na disputa pelo campeonato. Robson Vieira, do Clube do Volante, fez uma corrida pensando nos pontos e se manteve a frente na batalha pelo título, chegando em segundo. Fechando o pódio, Boris Vaz, da Grip Racing. Aristides Graiewska Jr e Edivan Monteiro completaram o top 5. A pontuação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com .

A próxima etapa da Fórmula Light será realizada no circuito de Jacarepaguá, no dia 01 de dezembro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias.

O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Rodrigo Cascaes (W3 Race), 34 voltas
2 Robson Vieira (Clube do Volante), +0:07.492
3 Boris Vaz (Grip Racing), +0:14.901
4 Aristides Graiewska (Clube do Volante), +0:33.606
5 Edivan Monteiro (SUB Racing), +0:58.679
6 Elson Almeida (SUB Racing), +0:58.763
7 Henrique Bettega (Bettega Motorsport), +1:08.831
8 Rodolfo Vieira (Marsch Team), +1 volta
9 Rubens Serinolli (Grip Racing 2), Suspensao (6)
Volta mais rapida: Rodrigo Cascaes, 1:27.958
Hattrick para Rodrigo Cascaes.

Race Control
Robson Vieira, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença] [18]

Pontos nas licenças
Robson Vieira +1

Vídeo da etapa

More in Corridas