Connect with us

Corridas

F1BC Indy Pro 2016/3 @ Indianápolis

F1BC Indy Pro 2016/3 @ Indianápolis

A Indy Pro chegou ao seu palco mais tradicional, o Indianapolis Motor Speedway, para uma sexta etapa com cara de seimifinal na temporada 2016/3 no F1 Brasil Clube. Sergio Rodrigues venceu e reduziu a diferença para Rafael Matta, segundo colocado, na pontuação, enquanto Toni Andrade fechou em terceiro.

A tomada de tempos evidenciou Vinicius Marega dois milésimos de segundo a frente de Sergio Rodrigues, enquanto Adriano Fraporti, Rodrigo Masson, e Alberto Ribeiro se colocaram no ‘Top 5’. Foram 19 os participantes em Indianápolis, um número interessante visto que estamos na penúltima prova da temporada.

Classificação
1 Vinicius Marega (Pegoraros Racing 2), 40.126
2 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 40.128
3 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), 40.157
4 Rodrigo Masson (MIG Motorsport), 40.158
5 Alberto Ribeiro (Static Racing), 40.168
6 Rafael Matta (Falcon Motorsports), 40.172
7 Jose Godoy (Pegoraros Racing 2), 40.184
8 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), 40.186
9 Leandro Moreira (Mondial Racing), 40.193
10 Mateus Monteiro (Grip Racing), 40.202
11 Toni Andrade (Pegoraros Racing 3), 40.245
12 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), 40.254
13 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 40.254
14 Fabricio Macedo (Pegoraros Racing), 40.258
15 Beto Soussa (Dragon Racing AV), 40.296
16 Ale Farah (Dragon Racing AV), 40.315
17 William Trajano (MIG Motorsport), 40.318
18 Marcelo Fernandes (Mondial Racing), 40.359
19 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), Sem tempo

Este resumo tem de iniciar citando as falhas de netcode – toque à distância por conta da conexão dos servidores de iracing – que ceifaram as chances de vários pilotos disputarem a vitória e um bom resultado em Indianápolis. Logo no início, uma mostra disso foi em incidente entre Leandro Moreira e Fabricio Macedo, atual campeão da categoria, ambos deixando a corrida.

Logo a disputa pela liderança se formava entre Vinicius Marega, Sergio Rodrigues, Adriano Fraporti e Rafael Matta, que rapidamente ganhava terreno. Alberto Ribeiro também subia ao grupo dos cinco mais velozes, mas tinha de acelerar para se livrar do segundo pelotão.

Um dos acidentes que justamente tirou dois fortes competidores da etapa foi entre Alberto Ribeiro e Vinicius Marega, o que abria as portas para um duelo direto entre Matta e Rodrigues, líder e vice-líder da competição, respectivamente.

Boas recuperaçãoes de Julio Moreira, Rodrigo Munhoz e William Trajano eram destacadas, mas mesmo estes tiveram envolvimento em incidentes por problemas do netcode. Os pit stops mudaram pouco a ordem, mesmo em bandeira verde, já que a diferença entre as voltas foi mínima e uma nova intervenção do Safety Car foi acionada logo depois.

AO final, era Sergio Rodrigues quem segurava a pressão de Rafael Matta. E por ali pintava Toni Andrade, em ótima presença de recuperação, para também sufocar Matta e fazer o líder do campeonato se ocupar na defesa. Era tudo o que Sergio Rodrigues queria nas voltas finais.

A vitória de Sergio ROdrigues marca mais um triunfo da Sinister Race Team em Indianápolis e reduz a diferença em 19 pontos para Rafael Matta, segundo colocado e ainda favorito ao título. Toni Andrade, Mateus Monteiro, e Rodrigo Masson fecharam o ‘top 5’.

A próxima etapa da Indy Pro será realizada no circuito de Atlanta, no dia 12 de dezembro, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras categorias. O F1BC ainda está com as inscrições abertas, e através do site www.f1bc.com/inscricoes você pode fazer parte do grid não só desta categoria como outras que o clube lhe oferece.

O F1BC tem parcerias oficiais com Reiza Studios, NRT Servers, Riffel Driving Academy, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Manarim Designs, e F1-Brasil.

Final, 80 voltas
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 80 voltas
2 Rafael Matta (Falcon Motorsports), +1.101
3 Toni Andrade (Pegoraros Racing 3), +1.207
4 Mateus Monteiro (Grip Racing), +2.573
5 Rodrigo Masson (MIG Motorsport), +6.838
6 Julio Moreira (Dragon Racing AV), +1 volta
7 William Trajano (MIG Motorsport), +1 volta
8 Jose Godoy (Pegoraros Racing 2), +5 voltas
9 Beto Soussa (Dragon Racing AV), +7 voltas
10 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), +13 voltas (Abandono)
11 Wagner Pegoraro (Pegoraros Racing), +13 voltas (Abandono)
12 Adriano Fraporti (Pegoraros Racing), +43 voltas (Abandono)
13 Alberto Ribeiro (Static Racing), +47 voltas (Abandono)
14 Marcelo Fernandes (Mondial Racing), +47 voltas (Abandono)
15 Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), +47 voltas (Abandono)
16 Vinicius Marega (Pegoraros Racing 2), +48 voltas (Abandono)
17 Leandro Moreira (Mondial Racing), +80 voltas (Abandono)
18 Fabricio Macedo (Pegoraros Racing), +80 voltas (Abandono)
19 Ale Farah (Dragon Racing AV), +33 voltas (Abandono) [LP]
Volta mais rápida: Valmor Arenhart (Falcon Motorsports), 40.533

Race Control
Incidente entre Mateus Monteiro, Beto Soussa e Rodrigo Masson – Nenhuma ação tomada.[73] [NetCode]
Rodrigo Munhoz, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença]
Incidente entre Rodrigo Munhoz e Wagner Pegoraro – Nenhuma ação tomada.[67] [NetCode]
Vinicius Marega, Warning – Chat durante a sessão (16.1.4) [+1 Licença]
Ale Farah, Last Position – Incidente de nível 5 (16.5.1) [+5 Licença]
Incidente entre Alberto Ribeiro, Vinicius Marega e outros – Nenhuma ação tomada.[33] [NetCode]
Toni Andrade, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença]
Alberto Ribeiro, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença]
Adriano Fraporti, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença]
Incidente entre Ale Farah e Marcelo Fernandes – Nenhuma ação tomada.

Pontos nas licenças
Rodrigo Munhoz +1
Vinicius Marega +1
Ale Farah +5
Toni Andrade +1
Alberto Ribeiro +1
Adriano Fraporti +1

Vídeo da etapa

More in Corridas