Connect with us

Clube

F1 Brasil Clube oficializa os campeões da terceira temporada de 2016

F1 Brasil Clube oficializa os campeões da terceira temporada de 2016

Foram 55 vencedores diferentes em 105 corridas, nas 15 categorias da temporada 2016/3 no F1 Brasil Clube, e o equilíbrio foi comprovado com 12 decisões de título na última etapa. Onde encontrar uma matéria que valoriza todos estes pilotos e equipes? Só no F1BC!

Novos personagens escreveram suas histórias no clube, e chegou a hora de conhecer um pouco da jornada de cada um dos destaques no F1 Brasil Clube, que parabeniza cada piloto por suas conquistas, seja com títulos, vitórias ou objetivos pessoais alcançados.

Dentre as curiosidades, destaca-se que a diversidade de vitoriosos foi destaque em algumas delas: Touring Light com 7 vencedores sem repetição, Nascar Pro com 6, e International Pro, Touring Pro, International Light e National Light com 5 distintos cada. Indy Pro e National Pro viram 4 pilotos subirem no topo do pódio cada.

Aprecie o Hall dos Campeões atualizado: www.f1bc.com/hall-dos-campeoes

Vale destacar os 55 vencedores. Em ordem aleatória, segure o fôlego: Ralph Benitez, Erick Goldner, Andre Bonaparte, Clovis Xavier, Fred Vaz, Daniel Machado, João Almeida, Mohamad Mourad, Robson Vieira, Rodrigo Cascaes, Elvis Lima, Gustavo Longhi, Tarcilo Cordeiro, Diogo Garcia, Sergio Rodrigues, Pedro Humenhuk, Alberto Ribeiro, Vinicius Marega, Deco Guimaraes, Gabriel Mauricio, Rodrigo Munhoz, Julio Moreira, Victor Bueno, Tadeu Costa, João Augusto, Jorge Cavalli, Igor Napol, Junior Borborema, Diego Moraes, Rafael Matta, Anderson Vilela, Mike Ramos, Bruno Barbugli, Sergio Pamplona, Angelo dos Santos, Junior Becker, Jose Berzosa, Marcelo Canoff, Jean Pierre, Jackson Oliveira, Daniel Shinji, Diogo Miranda, Fernando Marinelli, Rodrigo Santos, Luis Santos, Bruno Ramos, Vandyg Santiago, Matheus Araujo, Bernardo Cardoso, Felipe Gomes, Andre Felisberto, Tiago Dias, Augusto Maia, Celso Andriani, e Bruno Peres.

EXPERIENCE PRO TEM DOMÍNIO DE RALPH BENITEZ A LONGO PRAZO

A categoria dos DTM no RaceRoom teve um início super equilibrado, onde Ralph Benitez precisou de muita técnica para superar adversários como Erick Goldner, Ronan Mendina, Artur Vieira e outros. O ritmo consistente e as estratégias sem erros fizeram do piloto da SInister Race Team o grande favorito, ao passo que o grid ganhava desfalques e o final da temporada passava a tornar mais fácil a vida do paulista. Mas um problema de simulador em Nurburgring o fez chegar para trás, e Erock Goldner manteve chances até a prova derradeira. Mas Benitez garantiu o troféu com mais uma vitória, enquanto a Clube do Volante foi a campeã entre as equipes.

EXPERIENCE LIGHT MOSTROU NOVATOS BONS DE RODA, E ANDRE BONAPARTE FOI CAMPEÃO

Categoria totalmente grátis para estreantes no F1BC nesta temporada 2016/3, a Experience Pro teve os BMW V8 do raceRoom, e um domínio da equipe R2GT Motorsports, que trouxe diversos pilotos com conhecimento prévio deste jogo. André Bonaparte não deu chances aos companheiros de equipe, muito menos aos demais adversários, e com cinco vitórias e dois segundos lugares foi o primeiro campeão antecipado da temporada. Clovis Xavier foi o vice-campeão, e Fred Vaz o terceiro.

CAMPEONATO ALUCINANTE NA FORMULA PRO TEVE DANIEL MACHADO CAMPEÃO

Há tempos a Formula Pro não tinha um campeonato tão cheio de variações, equilíbrio e postulantes a título. Com algumas corridas que podem facilmente entrar para o hall de inesquecíveis no F1BC, como as de Jacarepaguá e Monza, a categoria mostrou um Daniel Machado mais consistente do que a concorrência que incluiu pilotos tão velozes quanto o representante da Grip Racing (campeão entre equipes), como João ALmeida, Rafael Amaral, Matheus Araujo e Mohamad Mourad, todos sempre com oportunidades de vitória. Na prova final, Almeida até tinha matematicamente o título na metade do percurso, mas bateu e permitiu a Daniel faturar o troféu.

FORMULA LIGHT MOSTROU EMBATE ENTRE ROBSON VIEIRA CAMPEÃO E RODRIGO CASCAES VICE

A boa média de pilotos por etapa justificou a mudança das categorias de Formula para as quintas-feiras, e a Formula lIght teve uma grande temporada, onde Robson Vieira e Rodrigo Cascaes disputaram vitória a vitória, praticamente em revezamento. Foi na penúltima prova, em Jacarepaguá, que Cascaes teve problemas em seu jogo e ficou de fora já na largada, e assim Robson precisou de um resultado mínimo para na final, em Monza, garantir a conquista, mesmo com vitória de Rodrigo, em uma corrida tensa e equilibrada. A Clube do Volante foi campeã entre as equipes.

FORMULA CHALLENGE TEVE NOVO PASSEIO DE GUSTAVO LONGHI, AGORA DA FOX BR

Categoria em seu retorno ao F1BC, agora com os F-Renault do iRacing, a Formula Challenge herdou parte do grid da Sportscar Light e viu a fundação da Fox BR Motorsport como destaque. O trio formado por Gustavo Longhi, Tarcilo Cordeiro e Dave Oliveira dominou a competição, embora Fellipe Porto e Diogo Garcia tenham feito frente e levaram emoção à disputa. Mas Gustavo foi impecável, mesmo em etapas como a de Sebring, onde rodou, foi acertado e ainda milagrosamente venceu.

INDY PRO SENDO INDY PRO, IMPECÁVEL, E RAFAEL MATTA FATURA TÍTULO

Igual aos vinhos, a Indy Pro fica cada vez melhor. Com um grupo de pilotos experientes que sabe ser referência aos novos, e com a entrada destes estreantes sabendo muito bem ganharem experiência ao passo que não devem em nada ao espetáculo, a categoria teve algumas corridas das mais eficientes em termos de disputas, fairplay e alto nível. Rafael Matta soube estar no pódio em boa parte da competição, e esta regularidade levou o representante da Falcon Motorsports, campeã entre as equipes, ao título sobre Sergio Rodrigues, seu principal adversário, que venceu três etapas.

INDY LIGHT COM GRID CHEIO E SERGIO RODRIGUES NOVAMENTE CAMPEÃO

A Indy Light teve gratas surpresas nesta temporada: de um grid ainda mais numeroso, incluindo em quantidade de equipes, a até um novato de 14 anos de idade levando duas vitórias, caso do jovem Gabriel Mauricio. Mas a consistência de Sergio Rodrigues novamente impressionou e, mesmo o piloto da Sinister Race Team abandonando logo de cara a etapa inicial, soube imprimir uma recuperação para faturar o título sobre Dionatan Machado, que inciou bem, mas teve pouca sorte na sequência.

NASCAR PRO RETORNA COM GRID COMPLETO, SEIS VENCEDORES DIFERENTES E MATTA CAMPEÃO

A temporada 2016/3 da Nascar Pro foi mais uma prova da plenitude da comunidade dos ovais no automobilismo virtual que aposta no F1BC para ser a casa de seus campeonatos, e viu equipes com formações completas, corridas que podem se tornar clássicos na história do clube, e um embate pelo título bastante equilibrado. Foi somente nas provas finais que Rafael Matta ascendeu ao favoritismo e garantiu o título sobre adversários de altíssimo nível, enquanto a Sinister Race Team levantou o troféu de equipes com uma grande união de seu conjunto.

INTERNATIONAL PRO TEVE UMA DAS MELHORES FINAIS DA HISTÓRIA COM DANIEL MACHADO X ERICK GOLDNER

A International Pro teve de superar a perda do então campeão Luis Santos, que liderava a competição até perder a vida, e os pilotos tiveram a grande responsabilidade de manter o espetáculo vivo em memória do grande companheiro de pistas. Vários pilotos se candidataram ao posto, como Tadeu Costa em boa investida na sequência do campeonato, e João Augusto, com duas vitórias seguidas, mas Erick Goldner e Daniel Machado chegavam ao final com maior consistência nos resultados. A prova derradeira, em Mogi Guaçu, teve Daniel a frente de Erick, em um resultado que empatava ambos nos pontos e garantia ao piloto da Grip o título por número de vitórias. goldner perseguiu, tirou a diferença e colou no rival nas voltas finais, mas não conseguiu a ultrapassagem e cruzou a linha de chegada embutido. Daniel Machado foi o campeão, e a Clube do Volante ainda comemorou entre as equipes.

INTERNATIONAL LIGHT TEVE JORGE CAVALLI CAMPEÃO DIANTE DE PROVAS ESPETACULARES

Contra Thiago Borlenghi em Kyalami, versus Diogo Miranda em Buenos Aires, e revezando os louros da vitória com Igor Napol na segunda metade da competição, Jorge Cavalli foi o mais consistente da International Pro na temporada, especialmente em sua sequência de três vitórias no início da competição, que espantou a concorrência. De fato, Napol assumiu a missão de buscar o concorrente com três vitórias e um segundo lugar, mas seus abandonos no início lhe tiraram as chances, e até mesmo Renan Giacomitti, consistente ao extremo, ficou com o vice. A Hattrick Racing faturou o troféu por conjunto.

NATIONAL PRO VÊ HEPTACAMPEONATO DE TADEU COSTA

O campeonato extremamente equilibrado da National Pro teve diversos pole positions diferentes, vencedores como Angelo dos Santos, Junior Becker, e até mesmo Sergio Pamplona por três vezes, além de consistentes atuações de Neto Nascimento e Fellipe Porto, mas ninguém conseguiu deter Tadeu Costa em uma arrancada feroz na segunda metade da temporada. Um heptacampeonato numa única categoria faz de Tadeu o maior ícone em uma competição única no F1BC. Entre as equipes, a Clube do Volante comemorou a conquista.

NATIONAL LIGHT E O SHOW DA ALLIANCE SIMRACING, COM JEAN PIERRE CAMPEÃO

O sucesso da categoria com os carros do Brasileiro de Marcas é nítido. Desta vez, a Alliance SimRacing preparou dois trios completos e seus pilotos se uniram em busca de deixar grandes nomes, como Marcelo Canoff, Marcelo Mazon, Jose Berzosa e outros para trás. Foi através de Jean Pierre que o título chegou, com uma reação no meio da competição em duas vitórias consecutivas e excelente administração do lastro.

NATIONAL JUNIOR ESTREIA COM GRID CHEIO E DIOGO MIRANDA CAMPEÃO

O campeonato começou sem Diogo Miranda, ausente, e tinha em Fernando Marinelli, Chico Martins, Edilson Freshi, Augusto Maia e Wagner Monteiro os principais postulantes à conquista. Mas o representante da Thunder Racing venceu em Tarumã e ligou o sinal de alerta na concorrência. Apesar do vacilo em Interlagos, Diogo ficou mais leve em Londrina e faturou os 50 pontos, e repetiu o feito até o final da temporada, superanco Chico Martins, que também se mostra em grande fase. A Clube do Volante foi campeã entre as escuderias.

TOURING PRO VIVEU TRAGÉDIA, MAS VICTOR BUENO BUSCOU FORÇAS PARA O TÍTULO

Luís Santos liderava o campeonato até que, durante a terceira etapa, em Barber, teve um acidente vascular cerebral e perdeu a vida. Sua equipe, a Z3 Team, perdeu a principal referência mas bravamente buscou forças para seguir em frente, e até teve Vandyg Santiago conquistando uma das vitórias com maior emoção na história do F1BC, mas a Grip Racing com seu plantel numeroso assumiu o comando na briga pelo título. Victor Bueno superou João Augusto e Matheus Araújo, ambos em ótima fase, para faturar mais um troféu em sua prateleira.

TOURING LIGHT COM 7 VENCEDORES, E AUGUSTO MAIA CAMPEÃO

É notório que a Touring Light traz equilíbrio e emoção desde seu início, em 2009, no F1BC. Desta vez não foi diferente, e o ápice chegou com uma briga pelo título das mais eletrizantes. Oito candidatos à conquista na última etapa do campeonato comprovam o equilíbrio. Augusto Maia começou mal em Spa-Francorchamps, mas se recuperou em Montreal e Interlagos, virando o jogo sobre Felipe Gomes, Felipe Fargnolli, Bruno Peres, Celso Andriani, e Andre Felisberto. A final em Monza incluiu matemática apertada, onde Felipe Gomes quase virou o jogo.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2017/1 NO F1BC

O formato é através da seção www.f1bc.com/inscricoes, com um formulário claro e objetivo para preenchimento, e os pilotos individualmente devem enviar as informações completas: Nome/sobrenome, endereço, e-mail, WhatsApp, equipe, número do carro, cidade/estado, categorias desejadas, total de inscrições, e forma de pagamento, além de um campo para observações e confirmação dos termos de adesão ao F1 Brasil Clube.

O F1BC é um clube completo, oferecendo mais de 10 anos de experiência em campeonatos com pontualidade e qualidade, Direção de Provas ativa em tempo real composta por ex-pilotos de alto nível, servidores mais estáveis do mercado, LiveTiming, Anti-Cheat, sincronizador de conteúdo, website completo e atualizado diariamente, transmissões ao vivo em HD, canal de comunicação por voz de alta qualidade e sala exclusiva para cada equipe, matérias completas, divulgação via Facebook, Twitter e websites especializados com números expressivos, troféu personalizado ao piloto campeão e equipe campeã de cada categoria, medalhas para o vice-campeão e terceiro colocado entre os pilotos em cada categoria, além de um suporte e comunicação geral aos pilotos com eficiência e transparência.

O F1BC tem o apoio de Sector3 Studios, Reiza Studios, iRacing.com, NRT Servers, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, e F1-Brasil.

More in Clube