Connect with us

Corridas

F1BC International Pro 2017/1 @ Jacarepaguá

F1BC International Pro 2017/1 @ Jacarepaguá

A fantástica International Pro teve mais uma apresentação de gala nesta noite de quarta-feira (22) no circuito de Jacarepaguá, e deve levar a disputa pelo título da temporada 2017/1 a um patamar incrível de competitividade no F1BC. Murilo Biscaro reagiu ao cravar uma vitória com propriedade, enquanto Victor Bueno fugiu da confusão da largada para ser o segundo e assumir a liderança da competição. Charles Zimmermann foi o escudeiro da vez e completou o pódio.

A disputa pela pole position foi ao limite com Murilo Biscaro superando Erick Goldner por pouco, enquanto Charles Zimmermann, João Augusto e Victor Bueno formaram o grupo dos cinco mais velozes, de um total de 20 presentes em Jacarepaguá.

Classificação
1 Murilo Biscaro (KAMF Racing), 1:05.622
2 Erick Goldner (Clube do Volante), 1:05.873
3 Charles Zimmermann (Grip Racing 2), 1:05.995
4 Joao Augusto (Grip Racing), 1:06.017
5 Victor Bueno (Grip Racing), 1:06.320
6 Matheus Araujo (Grip Racing 2), 1:06.335
7 Ricardo Pereira (Clube do Volante), 1:06.464
8 Marcio Rincon (Ruy Racing), 1:06.560
9 Fellipe Porto (Clube do Volante), 1:06.603
10 Esdras Souza (Pandolino Racing), 1:06.743
11 Ricardo Ruy (Ruy Racing), 1:07.029
12 Eliezer Nunes (EZR Racing), 1:07.154
13 Davi Brito (Sim-Force SimRacing 2), 1:07.188
14 Augusto Maia (Grip Racing 2), 1:07.249
15 Rodrigo Chichof (Ruy Racing), 1:07.264
16 Edson Previato (Ruy Racing 2), 1:07.369
17 Francisco Muniz (Marsch Team), 1:07.371
18 Diogo Miranda (Thunder Racing), 1:07.716
19 Raul Leite (KAMF Racing), 1:08.597
20 Renan Carrenho (Thunder Racing), 1:09.338

A largada foi complicada por um problema no carro de Erick Goldner, segundo, que não conseguiu trocar de marchas. A partir daí a fila par toda se amontoou, com João Augusto e Matheus Araujo levando a pior com batidas. Diogo Miranda também danificou seu bólido. Já Raul Leite, com problemas no freio, preferiu não largar.

Com Biscaro na ponta, a sequência tinha Bueno, Zimmermann e Pereira, todos da fila ímpar pegando os quatro primeiros lugares. O líder do campeonato Matheus Araujo aparecia em último, enquanto Goldner e RIncon cumpriam penalidades nos boxes.

O bom duelo entre Victor e Charles logo se mostrou uma estratégia da Grip Racing em manter seu último campeão da International Pro a frente, já que suas chances de buscar a conquista são bem maiores. Mas o grupo seguinte era fantástico, com Ricardo Ruy, Edson Previato, Eliezer Nunes, Esdras Souza, Davi Brito e Francisco Muniz sempre disputando posições.

As fortes reduções de marchas levaram alguns pilotos a estourarem os motores de seus carros, e aí a lista de abandonos cresceu com Augusto Maia, que vinha em quarto, além de Ricardo Pereira, Davi Brito, Matheus Araujo, e Marcio Rincon. Por sorte todos estes completaram mais de 50% da prova e pontuarão por estarem entre os 15 primeiros.

Ao final Murilo Biscaro venceu com propriedade, abrindo mais de 20 segundos em relação aos demais. Victor Bueno comemorou a segunda posição para se tornar líder da competição, e Charles Zimmermann fechou o pódio. Francisco Muniz marcou uma excelente quarta posição com muita consistência, e Erick Goldner fechou o ‘Top 5’ em recuperação incrível.

A próxima etapa da International Pro será realizada no circuito de Melbourne, no dia 15 de março, às 22h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o apoio de Soap Car, Reiza Studios, Sector3 Studios, iRacing, NRT Servers, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Murilo Biscaro (KAMF Racing), 45 voltas
2 Victor Bueno (Grip Racing), +1 voltas
3 Charles Zimmermann (Grip Racing 2), +1 voltas
4 Francisco Muniz (Marsch Team), +1 voltas
5 Erick Goldner (Clube do Volante), +1 voltas
6 Ricardo Ruy (Ruy Racing), +1 voltas
7 Eliezer Nunes (EZR Racing), +2 voltas
8 Esdras Souza (Pandolino Racing), +2 voltas
9 Edson Previato (Ruy Racing 2), +3 voltas
10 Ricardo Pereira (Clube do Volante), Motor (37)
11 Marcio Rincon (Ruy Racing), Motor (35)
12 Davi Brito (Sim-Force SimRacing 2), Motor (34)
13 Matheus Araujo (Grip Racing 2), Motor (30)
14 Augusto Maia (Grip Racing 2), Motor (27)
15 Diogo Miranda (Thunder Racing), Abandono (13)
16 Rodrigo Chichof (Ruy Racing), Abandono (5)
17 Renan Carrenho (Thunder Racing), Abandono (0)
18 Joao Augusto (Grip Racing), Acidente (0)
19 Fellipe Porto (Clube do Volante), Abandono (0)
20 Raul Leite (KAMF Racing), Não largou
Volta mais rapida: Murilo Biscaro, 1:06.217
Hattrick & Grand Chelem para Murilo Biscaro.

Race Control
Erick Goldner, Stop-And-Go 10s – Falha na largada causando bloqueio (16.3.5) [+3 Licença][1]
Marcio Rincon, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença] [1]
Edison Previato, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][22]
Marcio Rincon, Warning – Resistência quando retardatário sem perdas (16.1.3) [+1 Licença][34]
Francisco Muniz, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][34]
Davi Brito, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][34]
Edison Previato, Stop-And-Go 10s – Resistência quando retardatário causando perdas (16.3.6) [+3 Licença][40]

Pontos nas Licenças
Edison Previato +4
Erick Goldner +3
Marcio Rincon +3
Davi Brito +2
Francisco Muniz +1

More in Corridas