Connect with us

Corridas

F1BC Nascar Light 2017/3 @ Phoenix

F1BC Nascar Light 2017/3 @ Phoenix

Na noite desta terça-feira (3), a Nascar Light chegou a sua segunda etapa na temporada 2017/3 do F1 Brasil Clube. E na corrida disputada no oval de Phoenix, que teve 3 bandeiras amarelas, a vitória caiu no colo de Pedro Humenhuk, que, além dos 25 pontos, agarrou a liderança do campeonato. O piloto da Falcon Motorsports contou com problemas de conexão de Romar Arns para vencer a primeira na competição. Ricardo Pereira e Bruno Miranda completaram o pódio.

A ordem de largada teve Romar Arns na pole-position e Pedro Humenhuk fechando a primeira fila. Ricardo Pereira foi terceiro, sendo melhor que Bruno Miranda, Diego Santos e Well Alves. Geovani Prechesniuki, Guilherme Secchi, Endrigo de Castro e Bruno Vasconcelos completaram o top-10 do grid de largada, que contou com 16 bólidos nesta noite.

Classificação
1 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), 28.873
2 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 28.876
3 Ricardo Pereira (Clube do Volante), 28.947
4 Bruno Miranda (BMRS Motorsports), 29.096
5 Diego Santos (4Nerds Racing), 29.107
6 Well Alves (SUB Racing), 29.346
7 Geovani Prechesniuki (GP Motorsports), 29.348
8 Guilherme Secchi (Falcon Motorsports), 29.392
9 Endrigo de Castro (Overtake Racing), 29.813
10 Bruno Vasconcelos (SUB Racing), 29.897
11 Mauricio Alves (Mondial Racing), 29.953
12 Emerson Gresoski (Dynamic Games), 30.025
13 Jorge Destro (Falcon Motorsports), 30.635
14 Rodrigo Luiz (Factory Assault), Sem tempo
15 Augusto Maia (Grip Racing), Sem tempo
16 Vera Silva (G-Force Motorsports), Sem tempo

A corrida começou com uma excelente largada, com os pilotos buscando manter suas posições sem grandes problemas. As disputas já começavam a aparecer pelo grid e o duelo entre Rodrigo Luiz e Endrigo de Castro, pelo 7º posto, e entre Pedro Humenhuk e Ricardo Pereira, pelo 2º lugar, movimentaram o início de prova. Romar Arns permanecia na liderança.

Mas ainda na parte inicial da etapa, Jorge Destro acabou errando e causando a primeira bandeira amarela da corrida, que logo alanvacou mais duas entradas do safety-car em sequência, com erros de Rodrigo Luiz e Vera Silva. O tempo de prova só exigia uma parada nos boxes e os pilotos aproveitaram as amarelas para realizarem os trabalhos de pit.

Depois do momento tenso de bandeiras amarelas, a corrida fluiu em bandeira verde e, mesmo após as paradas nos boxes, Romar Arns seguia liderando. Entretanto, quando a prova se encaminhava para o final com algumas disputas espalhadas pelo grid, o piloto da Escuderia Sul-Brasil teve problemas de conexão ao servidor da etapa e perdeu o 1º posto.

Com o abandono de Romar, Pedro Humenhuk foi quem assumiu a liderança já na reta final da prova e apenas administrou a posição para vencer pela primeira vez no campeonato e assumir liderança da tabela de classificação. Ricardo Pereira foi segundo e Bruno Miranda, o terceiro. Mauricio Alves fechou em quarto, à frente de Guilherme Secchi, Geovani Prechesniuki e Well Alves. Diego Santos, Vera Silva e Endrigo de Castro completaram o top-10 da etapa.

Após a vitória, Pedro Humenhuk chegou aos 41 pontos e assumiu a liderança do campeonato, seguido de perto por Mauricio Alves, que soma 38. Well Alves e Ricardo Pereira fecham o top-3 empatadíssimos em 29 tentos. A classificação completa de pilotos e equipes está no site oficial www.f1bc.com.

A próxima etapa da Nascar Light será realizada no oval de Charlotte [A], no dia 17 de outubro, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o patrocínio de Aliança Consultoria, Doutor Lubrifica, Fanatec, Logitech, Nuuvem, Poesia Perfumes, RealGame, e o apoio de Canal Sim-Force, F1 Brasil, F1 Mania, iRacing, Reiza Studios, Sector3 Studios, SimRacingTools, e SimSync.

Final, 50 minutos
1 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 87 voltas
2 Ricardo Pereira (Clube do Volante), +0:03.040
3 Bruno Miranda (BMRS Motorsports), +0:15.425
4 Mauricio Alves (Mondial Racing), +1 volta
5 Guilherme Secchi (Falcon Motorsports), +1 volta
6 Geovani Prechesniuki (GP Motorsports), +1 volta
7 Well Alves (SUB Racing), +1 volta
8 Diego Santos (4Nerds Racing), +1 volta (+20s)
9 Vera Silva (G-Force Motorsports), +1 volta
10 Endrigo de Castro (Overtake Racing), +2 voltas
11 Jorge Destro (Falcon Motorsports), +2 voltas
12 Emerson Gresoski (Dynamic Games), +3 voltas
13 Bruno Vasconcelos (SUB Racing), +4 voltas
14 Romar Arns (Escuderia Sul-Brasil), +6 voltas
15 Rodrigo Luiz (Factory Assault), +33 voltas
16 Augusto Maia (Grip Racing), Abandono (45)
Volta mais rápida: Ricardo Pereira, 0:28.979

Race control
Análise de possível problema de conexão de Roman Arns.
Augusto Maia, End Of Line – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][10]
Rodrigo Luiz, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [21]
Diego Santos, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][32]
Diego Santos, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [34]
Incidente entre Guilherme Secchi e Geovani Prechesniuki – Nenhuma ação tomada – Netcode. [34]
Bruno Vasconcelos, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença] [57]
Diego Santos, Warning – Incidente de nível 1 (17.1.1) [+1 Licença][67]
Diego Santos, +20s – Incidente de nível 2 (17.2.1) [+2 Licença][69]

Pontos nas licenças
Diego Santos +5
Augusto Maia +2
Rodrigo Luiz +1
Bruno Vasconcelos +1

Observações
Diego Santos, uma etapa de suspensão – Atingiu 10 pontos na Licença (19.1)

Vídeo da etapa

More in Corridas