Connect with us

F1BC Cup Light 2008/3 @ A1 Ring

O final de semana da categoria Light mostrou disputas quentes no circuito que coloca os pilotos mais próximos em toda a temporada. A1 Ring foi capaz de presenciar ultrapassagens, toques, rodadas e muito mais, e o que poderia ser o domínio da dupla da BMW Sauber, acabou recebendo a resistência da Honda de Matheus Araújo.

Na tomada de tempos, a primeira grande surpresa. A pole-position foi decidida por apenas um milésimo, distância inimaginável, a favor de Jonatan Pelisoli, superando o atual líder do campeonato Diogo Leal. Os dois pilotos fizeram a classiicação em servidores separados, e só ficaram sabendo deste fato no anúncio dos tempos conjuntos.

Qualifying
1 Jonatan Pelisoli (BMW Sauber), 1:06.508
2 Diogo Leal (Ferrari), 1:06.509
3 Lucas Machado (BMW Sauber), 1:06.676
4 Fernando Igor (Toyota), 1:06.818
5 Gustavo Kerlakhian (Toro Rosso), 1:06.885
6 Fabio Trindade (Red Bull), 1:07.421
7 Luiz Mutuka (McLaren), 1:07.480
8 Matheus Araujo (Honda), 1:07.516
9 Helio Neto (McLaren), 1:08.172
10 Alessandro Sartorelli (Red Bull), 1:08.366
11 Sergio Acquarone (Force India), 1:08.382
12 Renato Chiara (Toro Rosso), 1:08.553
13 Danilo Crestani (Honda), 1:08.559
14 Claudio da Silva (Williams), 1:09.959

FEATURE RACE – A BMW Sauber parecia ter facilidade para formar uma dobradinha na Feature Race. Jonatan e Lucas optaram por uma estratégis diferente, abasteceram entre a sétima e oitava voltas, antes dos demais, e compensaram na pista a desvantagem para os que pararam mais tarde. Quem seguia ambos de perto era Matheus Araújo.

Ainda no começo da prova, Fernando Igor não levou sorte. Rodando na saída da Curva 1, o piloto da Toyota ficou exposto a quem vinha contornando o cotovelo, e Matheus Araújo acertou seu adversário, que teve de abandonar. Diogo Leal também não estava em um bom final de semana: várias rodadas fizeram com que ele levasse uma volta do líder. Aliás, o piloto da Ferrari protagonizou um lance que definiu parte do resultado, quando rodou sozinho na curva Lauda, retornou perigosamente e fechou o então líder Jonatan, que perdeu o bico e teve de fazer uma parada extra.

Infelizmente, a vitória foi decidida por uma punição, já que Lucas Machado cruzou a linha de chegada na frente, mas foi responsável por um toque que deixou Diogo Leal atravessado na pista, ainda nos primeiros estágios da prova. Matheus Araújo levou a melhor, e deixou Lucas em segundo e Jonatan em terceiro.

No Server B, tudo estava se desenhando a favor de Helio Neto, e o morango do nordeste teria uma virtual vitória, quando constatou que o combustível não daria até o final. Ao entrar para fazer um “splash and go”, o piloto da McLaren ainda rodou e estragou a vantagem que havia construído, deixando caminho livre para Renato Chiara comemorar o triunfo.

Feature Race – Final, 21 voltas
1 Matheus Araujo (Honda), +24:57.446 (média 216.16km/h)
2 Lucas Machado (BMW Sauber), 24:49.083 [+15]
3 Jonatan Pelisoli (BMW Sauber), +35.091
4 Luiz Mutuka (McLaren), +42.115
5 Gustavo Kerlakhian (Toro Rosso), +29.738 [+30]
6 Fabio Trindade (Red Bull), +1:00.808
7 Renato Chiara (Toro Rosso), 25:16.368 [+5]
8 Helio Neto (McLaren), +23.288
9 Danilo Crestani (Honda), +34.128
10 Diogo Leal (Ferrari), +1 lap [+30]
11 Claudio da Silva (Williams), +1 lap
12 Sergio Acquarone (Force India), +1 lap
– Fernando Igor (Toyota), DNF/Accident (1)
– Alessandro Sartorelli (Red Bull), DQ [+30]
Fastest lap: Jonatan Pelisoli, 1:07.626

Punições
G.Kerlakhian +15s, rodou F.Trindade
G.Kerlakhian +15s, rodou L.Mutuka
L.Machado +15s, rodou D.Leal
D.Leal +30s, batida em J.Pelisoli causando danos na dianteira
A.Sartorelli +30s, batida em S.Acquarone causando danos na dianteira
R.Chiara +5s, toque em A.Sartorelli ganhando posição
* Pilotos que abandonaram cumprem punição na Feature Race seguinte

SPRINT RACE – Na corrida mais curta, novamente alguns incidentes resolveram o resultado final. Lucas Machado e Luiz Mutuka acabaram se envolvendo em dois incidentes cada, que custaram suas respectivas corridas com punições. Alheio a isso, Pelisoli – que chegou a ser ultrapassado em decorrência de toques duas vezes – levou a vitória, enquanto Leal, que se recuperou de um toque de Machado, finalizou em segundo.

O Server B viu a primeira vitória virtual de Sergio Acquarone, em sua estréia pelo F1BC, ao largar na pole-position pelo sistema de grid invertido, e não dar chances aos adversários.

Sprint Race – Final, 7 voltas
1 Jonatan Pelisoli (BMW Sauber), 8:05.569 (média 222.16km/h)
2 Diogo Leal (Ferrari), +13.221
3 Matheus Araujo (Honda), +14.524
4 Lucas Machado (BMW Sauber), 8:00.973 [+20]
5 Fernando Igor (Toyota), +31.190
6 Luiz Mutuka (McLaren), +1:03.664 [+1:05]
7 Sergio Acquarone (Force India), 8:16.432
8 Alessandro Sartorelli (Red Bull), +1.577
9 Helio Neto (McLaren), +4.377 [+5]
10 Renato Chiara (Toro Rosso), +23.874
11 Claudio da Silva (Williams), +27.928
– Fabio Trindade (Red Bull), DNF (1) [+5]
– Danilo Crestani (Honda), DNS
– Gustavo Kerlakhian (Toro Rosso), DNS
Fastest lap: Jonatan Pelisoli, 1:07.509

Punições
H.Neto +5s, toque em C.da Silva
L.Machado +15s, rodou D.Leal
L.Machado +5s, toque em J.Pelisoli
L.Mutuka +50s, batida em F.Trindade causando danos na traseira
L.Mutuka +15s, rodou em F.Igor
F.Trindade +5s, toque em J.Pelisoli
* Pilotos que abandonaram cumprem punição na Sprint Race seguinte

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas