Connect with us

Corridas

F1BC Indy Light 2017/1 @ Laguna Seca

F1BC Indy Light 2017/1 @ Laguna Seca

A Indy Light revelou seu novo campeão na temporada 2017/1 no F1BC! Foi nesta segunda-feira (3) no circuito misto de Laguna Seca, quando Rodrigo Munhoz da Racing 4Fun chegou em quinto e, mesmo assim, faturou os pontos necessários para fechar a conta, enquanto Carlos Guimarães levou a Sinister Race Team ao topo do pódio, em ultrapassagem na última volta sobre Guilherme Rocha, da Pehzinho Racing.

A classificação mostrou Sergio Rodrigues, um dos mais bem preparados pilotos em circuitos mistos com os Dallara da Indy, na pole position logo a frente de Julio Moreira, da Dragon. Carlos Guimarães e Vinicius Marega formaram a segunda fila, com Beto Soussa, Guilherme Rocha e só então Rodrigo Munhoz, líder do campeonato, alinhando em sétimo, de um total de 13 competidore s- os circuitos mistos na Indy Light ainda sofrem certa resistência dos pilotos cuja especialidade são os ovais.

Classificação
1 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), 1:09.998
2 Julio Moreira (Dragon Racing AV), 1:10.459
3 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), 1:10.475
4 Vinicius Marega (Pegoraros Racing), 1:11.294
5 Beto Soussa (Dragon Racing AV), 1:11.369
6 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing), 1:11.708
7 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), 1:12.284
8 Ale Farah (Dragon Racing AV), 1:12.775
9 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), 1:13.326
10 Jose Godoy (Pegoraros Racing), 1:14.365
11 Gabriel Mauricio (Mondial Racing), Sem tempo
12 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), Sem tempo
13 Rodrigo Villaverde (Mondial Racing 2), Sem tempo

Infelizmente a largada trouxe certa confusão entre os pilotos. O iRacing determinou largada parada, quando na Indy Light a mesma é sempre lançada, e isso levou Vinicius Marega a saltar para a liderança após a primeira curva, com Sergio Rodrigues e Julio Moreira na sequência. Para o vice-líder do campeonato, a chance de ouro em busca de combater Munhoz na busca pelo troféu se encerrou com um breve erro no Saca-Rolha, que levou a um toque por netcode com Moreira a danificar seu bólido e, na sequência, se enroscar com Guilherme Rocha, rodando e abandonando o evento.

A falta de sorte da Sinister seguiu com Carlos Guimarães queimando a largada e precisando cumprir penalidade ainda no início da prova, mas ele iria em busca da recuperação. Vinicius Marega liderava, com Guilherme Rocha e Beto Soussa na sequência. Mas os erros individuais apareceriam para os três concorrentes. Primeiro, com Marega escapando e precisando fazer uma prova de recuperação errática.

Depois, com Beto Soussa, que sustentava a ponta com categoria até na parte final da prova rodar e estender o tapete vermelho para Guilherme Rocha passar. Neste momento crucial, Guimarães já era segundo em grande recuperação e partia para cima do volante da Pehzinho Racing.

As emoções ficaram para o final quando na última passagem pela clássica curva do Saca-Rolha Guilherme escorregou e passou reto, levando um ‘slow down’ do simulador e entregando a ponta para Carlos Guimarães, que se vingou dos problemas iniciais para faturar uma espetacular vitória em Laguna Seca.

Guilherme Rocha e Beto Soussa comemoraram o pódio nesta prova pra lá de movimentada, mas a festa viria nas posições seguintes: os companheiros de Racing 4Fun cruzaram juntos a linha de chegada, e Deco Guimarães foi quarto, enquanto Rodrigo Munhoz o quinto, fechando a conta para faturar o título da Indy Light 2017/1, sua terceira conquista no F1BC.

A disputa pelo vice-campeonato está totalmente aberta com a sequência de pontuação a seguir: 64 Rodrigues, 61 Soussa, 56 Humenhuk, 51 Rocha, 49 D.Guimarães, 48 Moreira, 42 Godoy. Já entre as equipes, o duelo será especial entre Dragon Racing AV (154) contra Racong 4Fun (148).

A próxima etapa da Indy Light será realizada no circuito de Phoenix, no dia 17 de abril, às 20h00 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo na Fan Page www.facebook.com/f1brasilclube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

O F1BC tem o apoio de Soap Car, Reiza Studios, Sector3 Studios, iRacing, NRT Servers, F1Mania, SimRacingTools, SimSync, Canal Sim Force, Aliança Consultoria, e F1-Brasil.

Final, 50 minutos
1 Carlos Guimaraes (Sinister Race Team), 40 voltas
2 Guilherme Rocha (Pehzinho Racing), +1.041
3 Beto Soussa (Dragon Racing AV), +10.616
4 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), +1:08.898
5 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), +1:08.935
6 Pedro Humenhuk (Falcon Motorsports), +1 volta
7 Jose Godoy (Pegoraros Racing), +2 voltas
8 Vinicius Marega (Pegoraros Racing), +11 voltas (Abandono)
9 Julio Moreira (Dragon Racing AV), +37 voltas (Abandono)
10 Sergio Rodrigues (Sinister Race Team), +40 voltas (Abandono)
— Ale Farah (Dragon Racing AV), +2 voltas (Desclassificação)
— Rodrigo Villaverde (Mondial Racing 2), +4 voltas (Desclassificação)
— Gabriel Mauricio (Mondial Racing), +5 voltas (Desclassificação)
Volta mais rápida: Carlos Guimaraes, 1:10.424

Race Control
Incidente entre S. Rodrigues – Nenhuma ação tomada.[1]
Incidente entre S. Rodrigues e B. Soussa – Nenhuma ação tomada [netcode].[1]
Incidente entre R. Munhoz e R. Villaverde – Nenhuma ação tomada.[2]
R. Villaverde, Drive-Through – Incidente de nível 2 (16.2.1) [+2 Licença][2]
Incidente entre P. Humenhuk e V. Marega – Nenhuma ação tomada.[11]
Incidente entre G. Mauricio e J. Godoy – Nenhuma ação tomada.[20]
A. Farah, Warning – Incidente de nível 1 (16.1.1) [+1 Licença][28]
Incidente entre A. Farah e C. Guimarães – Nenhuma ação tomada.[30]

Pontos nas Licenças
Rodrigo Villarverde +2
Ale Farah +1

More in Corridas