Connect with us

Colunas

F1BC: que futuro?

F1BC: que futuro?

O F1BC está se estabelecendo, sem dúvida, como uma das mais importantes, se não mesmo a mais importante liga de Sim Racing do Brasil. Os pilotos já estão preparando suas “máquinas” para as 15 categorias que serão disputadas em 2018. Todavia, hoje não vamos falar do presente mas daquilo que poderia ser o futuro. Apenas imaginar e sonhar um pouco, sem qualquer limitação sobre o que poderá efetivamente surgir no amanhã. Como será o F1BC no futuro? Que outras alternativas poderão chegar para a F1BC?

Campeonatos históricos

E se o F1BC incluísse campeonatos históricos em sua lista de competições? Não estamos falando apenas de Fórmula 1 dos anos 70 e 80. Poderíamos ter corridas com carros anteriores ao aparecimento da aerodinâmica, sem asas e contando com a competência do piloto para encarar as melhores linhas em cada curva. As memórias de jogos como Grand Prix Legends nos levam para essa possibilidade.

O mesmo poderia acontecer com a Fórmula 3 Sul-Americana. Que bom não seria reviver esses carros, em circuitos como Santa Cruz do Sul, Cascavel ou até Brasília e Salvador?

Apostas esportivas

E se o F1BC tivesse apostas esportivas? Certamente que isso precisaria um nível extra de profissionalismo, mas todo mundo sabe que os apostadores curtem apostar nos mais diferentes tipos de esportes. Imagine poder encontrar, em sites como o br.netbet.com, a possibilidade de apostar em quem seria o vencedor do National Pro, do Poesia Formula Pro ou do Aliança National Light!
Fórmula E?

E se o F1BC puder ter os campeonatos do passado, porque não os campeonatos do futuro? Tem muita galera reclamando que a Fórmula E é mais competição de brincar, porque os carros não fazem barulho, porque suas baterias não têm autonomia. Mas você já entendeu que entre os mais jovens, que não cresceram ouvindo carros rebentando com seus tímpanos, isso não são desvantagens. A Fórmula E vai apresentar performances cada vez melhores.

O torcedor brasileiro tem a vantagem de ver que ali já teve dois vencedores tupiniquins nos primeiros três, e que dinheiro não é problema, ao contrário da Fórmula 1. Na Fórmula E, o piloto vale mesmo por seu talento. E para o jogador de Sim Racing, a F-E tem um desafio extra. Suas corridas são sempre em circuitos urbanos, por isso qualquer pequeno erro é penalizado pelos muros e paredes!

A própria Fórmula E já promove seus próprios eventos de e-sports, pelo que não seria tão impossível assim!

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Colunas