Connect with us

F1BC Cup Light 2008/2 @ Istanbul

A terceira etapa do F1BC Light 2, em Istambul na Turquia, mostrou uma Mclaren dando as cartas com seus dois pilotos, Marcelo Vidal e Daniele Assis, determinando o ritmo das duas provas no Server A, porém com a BMW Sauber (Raphael Brito e Lucas Chaves) na cola dos prateados.

QUALIFYING – Daniele Assis com sua pole já dava mostras do que o time inglês poderia fazer em solo turco. Mesmo assim, as duas BMWs acabaram com as esperanças de Vidal conseguir a primeira fila. Ferrari veio ocupando a terceira fila, e Matheus Araujo da Super Aguri fechou o grid no Server A.

Qualifying
1 Daniele Assis (RJ/Mclaren), 1:23.391
2 Lucas Chaves (DF/BMW Sauber), 1:23.479
3 Raphael Brito (SP/BMW Sauber), 1:23.503
4 Marcelo Vidal (RS/Mclaren), 1:23.602
5 Gabriel Sarmento (ES/Ferrari), 1:23.731
6 Rodrigo Campos (RJ/Ferrari), 1:23.918
7 Matheus Araujo (MG/Super Aguri), 1:24.059
8 Matheus Romanowski (RS/Red Bull), 1:24.093
9 Doug Chiara (SP/Toro Rosso), 1:24.463
10 Diogo Leal (GO/Williams), 1:24.493
11 Thiago Wendt (MG/Red Bull), 1:24.869
12 Andre Chiara (SP/Toro Rosso), 1:25.441
13 Mohamad Mourad (SP/Spyker), 1:26.967
14 Ricardo Vitorino (MG/Super Aguri), sem tempo

Legenda
Server A
Server B

FEATURE RACE – Daniele consegue se manter na primeira posição seguida por Lucas , enquanto isso Vidal já roubava a terceira posição de Brito após a primeira curva. Mas logo em seguida , Vidal erra o ponto de freada e acaba perdendo duas posições para Brito e Gabriel.Na sequência Vidal se recupera bem passando por Gabriel que até tenta dar o troco mas sem sucesso, e na volta seguinte também passa as duas BMWs para encostar na sua companheira que liderava.Dali para frente o que se viu foi um domínio absoluto das flechas de prata que ditavam um forte ritmo.Mesmo após as paradas para troca de pneus e reabastecimento a situação permaneceu a mesma , até que Vidal em um rápido ataque ultrapassa Daniele mas logo na sequência espalha permitindo o troco de sua companheira.Com esse erro Gabriel que já estava na terceira posição cola em Vidal e acaba tocando na Mclaren. No final Daniele confirma a supremacia do time inglês na Turquia e conquista a vitória depois de 17 voltas de total controle.

No server B Romanowski não tem problemas para se manter na frente após a largada, e dita o ritmo durante toda a prova. Diogo da Williams, depois uma um começo complicado, quando perdeu algumas posições, se recupera bem até o final faturando a segunda posição. Ricardo não teve a mesma sorte e parou por falta de combustível.

Feature Race – Final, 17 voltas
1 Daniele Assis (RJ/Mclaren), 24:56.000
2 Raphael Brito (SP/BMW Sauber), +5.000
3 Marcelo Vidal (RS/Mclaren), +16.000
4 Gabriel Sarmento (ES/Ferrari), +2.000 [+15s penalty]
5 Matheus Araujo (MG/Super Aguri), +23.000
6 Matheus Romanowski (RS/Red Bull), 0:25:10.456
7 Diogo Leal (GO/Williams), +23.430 [+5s penalty]
8 Doug Chiara (SP/Toro Rosso), +29.922
9 Andre Chiara (SP/Toro Rosso), +1:12.934
10 Mohamad Mourad (SP/Spyker), +1 volta
11 Lucas Chaves (DF/BMW Sauber), DNF
12 Rodrigo Campos (RJ/Ferrari), DNF
13 Ricardo Vitorino (MG/Super Aguri), DNF/Fuel (9)
14 Thiago Wendt (MG/Red Bull), DNS
Fastest lap: Matheus Romanowski (RS/Red Bull), 1:25.760

Punições:
G.Sarmento: Toque em M.Vidal, fazendo rodar (+15s)
D.Leal: Toque em M.Mourad, ganhando posição (+5s)

SPRINT RACE – Na prova mais curta e com grid invertido, quem larga muito bem é Daniele que quase ja consegue a primeira posição após a primeira curva. As Mclarens dividem a primeira curva e no toque de leve dos dois carros, Vidal consegue se manter na frente. Araujo que largara na ponta acabou tocado pela Ferrari de Gabriel, caindo para a sexta posição. E o que se viu foi uma repetição da Feature Race, só que dessa vez com a inversão de posições entre Vidal e Daniele.

Brito na tentativa de se recuperar se envolve em um grave acidente com Campos. Seu companheiro tem melhor sorte e termina na terceira posição. No fim prova vencida sem problemas pela dupla da Mclaren, com Vidal em primeiro e Daniele em segundo.

No server B a história não foi muito diferente com domínio de Romanowski depois de uma confusa largada – onde Mohamad sau na pole-position mas rodou na frente de todos -, mas dessa vez o piloto da Red Bull teve muito mais trabalho para se defender de Diogo Leal, que pressionou como pode para tentar roubar a liderança. Romanowski teve calma e soube se defender do ataque da Williams durante as 5 voltas. Nas demais posições, Doug acaba se acidentando por um toque com LAG entre ele e André, deixando o caminho livre para Ricardo, seguido por Andre e Mohamad.

Sprint Race – Final, 5 voltas
1 Marcelo Vidal (RS/Mclaren), 07:09.314
2 Daniele Assis (RJ/Mclaren), +1.160
3 Lucas Chaves (DF/BMW Sauber), +11.864
4 Gabriel Sarmento (ES/Ferrari), +8.988 [+15s penalty]
5 Matheus Araujo (MG/Super Aguri), +30.626
6 Matheus Romanowski (RS/Red Bull), 07:15.825
7 Diogo Leal (GO/Williams), +0.537
8 Ricardo Vitorino (MG/Super Aguri), +8.275
9 Andre Chiara (SP/Toro Rosso), +17.002
10 Mohamad Mourad (SP/Spyker), +26.919 [+15s penalty]
11 Raphael Brito (SP/BMW Sauber), DNF/Accident
12 Rodrigo Campos (RJ/Ferrari), DNF
13 Doug Chiara (SP/Toro Rosso), DNF/Accident
Fastest lap: Matheus Romanowski (RS/Red Bull), 1:25.003

Punições:
G.Sarmento: toque em M.Araujo, fazendo rodar (+15s)
M.Mourad: toque em D.Chiara, fazendo rodar (+15s)

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas