Connect with us

Corridas

F1BC TimãoWeb Indy Light 2019/3 @ Charlotte

F1BC TimãoWeb Indy Light 2019/3 @ Charlotte

TimãoWeb Indy Light tem em Charlotte a primeira vez da prorrogação e vitória de Deivilyn Carrasco

Abertura de campeonato das mais emocionantes, a TimãoWeb Indy Light mostrou em Charlotte muitas novidades nesta segunda-feira (16), com 25 inscritos mas algumas ausências, uma nova dinâmica de estratégias, menos acidentes do que o normal e um final com prorrogação que culminou na vitória de Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV) no F1 Brasil Clube.

O grid para esta temporada conta com 25 inscritos, embora o número de participantes em Charlotte tenha sido reduzido. A Aguiatech SimXperience é a escuderia mais numerosa com dois trios – Carlos Aguiar, Ricardo Pereira e Ricardo Bizotto em um, e Jairo Costa, Guillermo Miranda e o estreante Fernando Estrela no outro.

A Dragon Racing AV contou com trio completo formado por Fernando Stropa, Emerson Takashima e Deivilyn Carrasco, além de aguardarem Eduardo Francisco para a segunda etapa. Trios completos também para a RTWP Grip Racing, com Rodrigo Franzoni, Walisson Oliveira e João Augusto, para a Van Holland e-Sports com Leo Alves, Marcos Felisberto e Adriano Augusto, e para a KSTM e-Motorsports, com Rodrigo Morotti, Lucas Silva e Marcio Rodrigues.

Em duplas, a Fuerza Virtual Racing tem Wesley Soares e Andrei Borges, este preparando-se para a segunda etapa, mesma situação do Corinthians Rally Team, que conta com Silvio Sanchez em tempo integral e Matheus Leist, piloto real da Indy, em ocasiões esporádicas. Doni Pereira e Alexandre Eduardo estão sem representação e devem surgir nas etapas seguintes.

A tomada de tempos mostrou Silvio Sanchez, Carlos Aguiar, Fernando Strope, Emerson Takashima e Lucas Silva nas cinco primeiras posições, exercendo seus status de pilotos já com quilometragem com os Dallara DW12. Curioso que alguns participantes optaram por não marcar voltas, largando no fim do pelotão. Confira a ordem completa abaixo.

Classificação
1 Silvio Sanchez (Corinthians Rally Team), 24.496
2 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), 24.501
3 Fernando Stropa (Dragon Racing AV), 24.503
4 Emerson Takashima (Dragon Racing AV), 24.504
5 Lucas Silva (KSTM e-Motorsports), 24.521
6 Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV), 24.679
7 Ricardo Bizotto (Aguiatech SimXperience), 24.715
8 Adriano Augusto (Van Holland e-Sports), 24.721
9 Marcos Felisberto (Van Holland e-Sports), 24.756
10 Wesley Soares (Fuerza Virtual Racing), 24.862
11 Joao Augusto (RTWP Grip Racing), sem tempo
12 Fernando Estrela (Aguiatech SimXperience 2), sem tempo
13 Leo Alves (Van Holland e-Sports), sem tempo
14 Walisson Oliveira (RTWP Grip Racing), sem tempo

Com 25 pilotos na categoria, são esperadas corridas com um índice bastante controlado de incidentes e, consequentemente, de bandeiras amarelas, mas as ausências da primeira etapa que resultaram nestes 14 pilotos de fato jogaram a presão para que a corrida passasse longe das confusões. Claro que, com muitos pilotos adquirindo experiência – o propósito das categorias Light – alguns incidentes ocorreriam.

Início limpo com Sanchez, Aguiar, Carrasco e Silva nas primeiras posições, em ritmo forte até a primeira bandeira amarela da noite, com 17 giros completados. Adriano Augusto e Wesley Soares se tocaram, sobrando também para Fernando Estrela e João Augusto desviarem de última hora. Ninguém abandonou a prova.

Pit stops feitos, e sequência de corrida em Charlotte com Aguiar liderando a relargada, a frente de Sanchez e Carrasco, este trio se mostrando com ritmo muito forte na noite. Stropa relargou escorregando para o gramado, caindo posições.

Por volta do giro 45 os pit stops em bandeira verde se intensificaram, e alguns erros apareceram. Os tempos totais deparadas variaram muito, como o caso de Takashima acertando a mureta dos boxes na entrada, ou mesmo Lucas Silva freando demais na entrada. Fernando Estrela perdeu a entrada e passou reto, e mesmo Aguiar ficou tempo demais nos boxes, com 23 segundos contra 9 da maioria.

As matérias geralmente abordam os fatos que mudam os rumos da prova, e os acidentes sempre acabam sendo destacados. Na volta 62 Bizotto acabou ficando mais lento e levou seu Dallara DW12 para a rolagem bem a frente de Estrela e do líder Sanchez, que reduziram a velocidade para evitar o acidente mas se tocaram. Prejuízo na certa para ambos.

Mais uma relargada e uma pancada mais forte entre Aguiar e Oliveira levou ambos para o muro na reta oposta. Era o sinal de que, na volta 68, a prorrogação seria acionada pela primeira vez no F1 Brasil Clube.

São duas tentativas possíveis, e as duas seriam usadas. A primeira teve um incidente entre Silvio Sanchez, que acelerou demais e reduziu antes do sinal verde, sobrando para Leo Alves, que rodou, e para Wesley Soares e Emerson Takashima, com um enrosco.

Neste ponto Deivilyn Carrasco era líder e grande favorito à vitória, e não decepcionou: com duas boas arrancadas, o piloto da Dragon Racing AV se livrou da concorrência para vencer em Charlotte na TimãoWeb Indy Light, na segunda prorrogação.

Lucas Silva faturou o segundo lugar após ótima atuação pela KSTM, e Marcos Felisberto surpreendeu com o pódio pela Van Holland, com Fernando Stropa em quarto, a frente de Emerson Takashima. Um resultado que contrariou as previsões do início da prova, a mostra perfeita de que tudo é possível na TimãoWeb Indy Light.

A próxima etapa da TimãoWeb Indy Light será no dia 30/9, no circuito virtual de Michigan, a partir das 20h (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no canal do F1BC no YouTube. Todas as informações sobre o F1 Brasil Clube você confere em www.f1bc.com.

Final, 76 voltas
1 Deivilyn Carrasco (Dragon Racing AV), 76 voltas
2 Lucas Silva (KSTM e-Motorsports), -00.407
3 Marcos Felisberto (Van Holland e-Sports), -00.675
4 Fernando Stropa (Dragon Racing AV), -00.868
5 Emerson Takashima (Dragon Racing AV), -2.945
6 Wesley Soares (Fuerza Virtual Racing), -1.387 [+20s]
7 Silvio Sanchez (Corinthians Rally Team), -00.620 [+40s]
8 Fernando Estrela (Aguiatech SimXperience 2), -2 L
9 Joao Augusto (RTWP Grip Racing), -2 L
10 Leo Alves (Van Holland e-Sports), -5 L
11 Walisson Oliveira (RTWP Grip Racing), -10 L (DNF)
12 Carlos Aguiar (Aguiatech SimXperience), -10 L (DNF)
13 Adriano Augusto (Van Holland e-Sports), -45 L (DNF)
14 Ricardo Bizotto (Aguiatech SimXperience), -28 L (DNF) [LP]
Volta mais rápida: Lucas Silva, 24.578

Pontos Bônus
Silvio Sanchez +1 pela pole position
Carlos Aguiar +1 por liderar mais voltas

Race Control
Incidente de Lucas Silva – Nenhuma ação tomada.
Incidente entre Adriano Augusto e Wesley Soares – Nenhuma ação tomada. [16]
Wesley Soares, End of Line – Erro no procedimento de largada com prejuízos moderados. (7.3.2) [+2 Licença] [22]
Incidente entre Carlos Aguiar e Lucas Silva – Nenhuma ação tomada. [54]
Incidente entre Leonardo Alves e Lucas Silva – Nenhuma ação tomada. [58]
Ricardo Bizotto, Last Position – Incidente com prejuízos terminais (7.7.5). [+5 Licença] [62]
Incidente de Leonardo Alves – Nenhuma ação tomada. [66]
Incidente entre Carlos Aguiar e Wallisson Oliveira – Nenhuma ação tomada. [67]
Silvio Sanchez, +40s – Erro no procedimento de largada com prejuízos severos (7.3.3). [+3 Licença] [71]
Wesley Soares, +20s – Incidente com prejuízos leves (7.7.2). [+2 Licença] [71]

Pontos nas Licenças
Ricardo Bizotto +5
Wesley Soares +4
Silvio Sanchez +3

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA A TEMPORADA 2019/3

As inscrições para a temporada 2019/3 do F1 Brasil Clube já estão abertas. Acesse www.f1bc.com/inscricoes, escolha os seus campeonatos favoritos e faça a sua inscrição. O clube logo entrará em contato para confirmar sua participação.

O F1BC tem o patrocínio de Abacom Compressores, Adelante Sports, Aliança Assessoria Contra Incêndio, Extreme SimRacing, Fanatic Brazil, Fast Lap Kart Indoor, Got It English, M7Help, Planet Games, SpeedZone, TimãoWeb, Canal Time Attack, e o apoio de F1 Brasil, F1 Mania, NRT Servers, iRacing, Reiza Studios, Kunos Simulazioni, Studio 397, SimSync, GridKart Brasil e Canal Sim-Force.

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas