Connect with us

F1BC Cup Pro 2008/1 @ Imola

Com o Carnaval rolando, o F1BC 3 não parou suas atividades, e mandou os pilotos para a pista mesmo assim, afinal, existem seis descartes na regra, e é para serem usados. Ainda que esta data tivesse uma previsão de poucos participantes, 16 dos 22 pilotos estiveram online no aguardo da etapa.

O único jogador que não participou de nenhuma sessão foi Frank Aguiar (Red Bull), com problemas de conexão. Logo adiante, na Feature Race, outros dois sofreram do mesmo mal: Leonardo Schuskel (Honda) e Deco Ganecci (Toyota), resumindo o grid a 13 pilotos, mas sendo oito no Server A e outros cinco no Server B, já que a divisão foi feita antes das quedas de Schuskel e Ganecci. Rafael Carvalho (BMW Sauber) apareceu de última hora e largou no final do grid do Server B.

QUALIFYING – Este sem dúvidas ficará marcado como um dos Qualifyings mais surpreendentes do campeonato. Nenhum dos pilotos conseguiu render tão bem quanto na pré-temporada ou mesmo no ritmo de seus treinamentos durante esta semana, o que deixou todos desacreditados. Ao final, com a junção dos tempos de dois servidores, constatou-se que todos tinham ido muito mal, e ninguém aproveitou a chance para se destacar.

Qualifying
1 Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 1:12.908
2 Carlos Zoro (SC/Toyota), 1:13.970
3 Carlos Junior (PA/McLaren), 1:14.121
4 Daniel Carvalho (SP/Renault), 1:14.606
5 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), 1:14.714
6 Gabriel Zanchetta (SP/Super Aguri), 1:14.792
7 Rodrigo Wizard (SP/Honda), 1:14.794
8 Luis Morais (SP/Toro Rosso), 1:14.899
9 Gabriel Sarmento (ES/Williams), 1:15.379
10 Leonardo Schuskel (SP/Honda), 1:15.699
11 Fernando Passos (RJ/Spyker), 1:16.179
12 Lucas Sena (RJ/Renault), 1:16.631
13 Deco Ganecci (SP/Toyota), 1:16.971
14 Eduardo Azeredo (RJ/Ferrari), 1:18.569
15 Rafael Carvalho (RJ/BMW Sauber), sem tempo

Legenda
Server A
Server B

FEATURE RACE – No Server A, a primeira corrida foi tranquilamente uma das mais interessantes até o momento no F1BC 3. Felipe Augusto e Carlos Zoro largaram bem, seguidos por Sergio Kolachinski e Gabriel Zanchetta. Já Rodrigo Wizard, Carlos Junior, Daniel Carvalho e Luis Morais largaram mal, e formaram um segundo pelotão após a curva Tosa. Na Acqua Mineralle, Daniel não freou o suficiente e acertou Morais, que teve de abandonar a prova. Os blocos então ficaram divididos em três: Augusto contra Zoro, Kolachinski segurando Zanchetta, e Wizard se defendendo dos ataques de Junior, com Carvalho se aproximando. Quando houve um toque entre McLaren e Honda, Wizard devolveu a posição e deixou seu rival se mandar. As paradas de pit-stop não alteraram nada nas posições, mas foram os erros dos pilotos que mudaram algumas coisas. Sergio rodou na chicane, e Junior ultrapassou (após ceder passagem e o piloto da Ferrari devolver a gentileza), enquanto Gabriel cometeu um erro no mesmo ponto e permitiu a aproximação de Rodrigo, que já tinha a companhia de Daniel bem próximo. Uma boa briga foi realizada, mas o atual campeão levou a melhor, e Daniel já estava com a punição por bater em Luís, e não tinha muitas chances de ganhar ali alguma posição. Felipe Augusto venceu mais uma vez, com certa tranquilidade, já que Zoro cometeu um erro com sua Toyota na penúltima volta.

No Server B, mais emoção pela frente, com Eduardo Azeredo segurando Fernando Passos por seis voltas, até ceder a pressão do piloto da Spyker, que ainda venceu de maneira apertada, com pouco mais de cinco segundos de vantagem sobre o ferrarista. O mais curioso foi o abandono dos demais pilotos por acidentes, sendo que Lucas Sena, que vinha em terceiro lugar, bateu na 15ª volta, completando portanto 75% da prova e levando os pontos. Gabriel Sarmento e Rafael Carvalho se estranharam na primeira volta, com a Williams batendo na BMW Sauber, ambos ficando de fora logo no início. Deco Ganecci bateu em uma disputa de freada com Eduardo, e foi direto para o muro.

Feature, Final (17 voltas)
1 Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 22:00.376 (média de 226.30 km/h)
2 Carlos Zoro (SC/Toyota), +15.798
3 Carlos Junior (PA/McLaren), +22.657
4 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), +22.853
5 Rodrigo Wizard (SP/Honda), +33.792
6 Gabriel Zanchetta (SP/Super Aguri), +37.011
7 Daniel Carvalho (SP/Renault), +46.408 [+30s penalty]
8 Fernando Passos (RJ/Spyker), 23:24.428
9 Eduardo Azeredo (RJ/Ferrari), +6.387
10 Lucas Sena (RJ/Renault), DNF/Accident (15)
11 Deco Ganecci (SP/Toyota), DNF/Accident (6)
12 Gabriel Sarmento (ES/Williams), DNF/Accident (1)
13 Rafael Carvalho (RJ/BMW Sauber), DNF/Accident (1)
14 Luis Morais (SP/Toro Rosso), DNF/Accident (0)
15 Leonardo Schuskel (SP/Honda), DNS
Fastest Lap: Felipe Augusto (PE/Super Aguri), 1:14.934

SPRINT RACE – No Server A, com grid invertido, e três relargadas por acidentes, Rodrigo Wizard assumiu a ponta, seguido por Gabriel Zanchetta, Daniel Carvalho, Sergio Kolachinski, Carlos Zoro e Luis Morais. Estranhamente, Carlos Junior e Felipe Augusto ficaram parados no grid, mas os demais pilotos continuaram a prova. Ainda no final da primeira volta, Zoro passou “fantasma” por Kolachinski na chicane Acqua Mineralle, e quando foi se defender na descida da Rivazza, bloqueou a Ferrari do adversário do mesmo modo. Ambos ficaram sobrepostos e não deu outra, um deles levou a pior, sendo que a Toyota rodou e perdeu a asa traseira. Já na segunda volta, Felipe e Junior acusaram queda de conexão, e um LAG assombroso fez todos os participantes darem uma travada: Rodrigo se escorou no muro e continuou, mesmo com a asa dianteira torta; Gabriel deu um passeio na brita da Tamburello, e foi ultrapassado por Sergio e Daniel, recuperando a posição que a Renault havia conquistado logo depois. As posições permaneceram assim até a última passagem pela Rivazza, quando Daniel tentou uma ultrapassagem ousada sobre Gabriel, mas tocou o adversário da Super Aguri, sendo então punido ao final e terminando na colocação que estava anteriormente. Rodrigo Wizard consquistou então sua primeira vitória nesta temporada.

Server B, como sempre, não perde em nada no quesito competitividade. Na largada, sem muita explicação, Eduardo Azeredo não conseguiu frear a tempo de contornar a curva Tosa, e só não ficou por ali, pois seu espírito guerreiro o incentivou a ir até os boxes, remendar o carro e continuar na disputa. Gabriel Sarmento ganhou mas não levou, pois foi punido devido a uma batida na traseira de Fernando Passos, que teve de abandonar a prova. Lucas Sena então herdou a posição, com Rafael Carvalho logo atrás, e Sarmento em terceiro. Edu ainda chegou em quarto lugar.

Sprint, Final (5 voltas)
1 Rodrigo Wizard (SP/Honda), 6:35.288 (média de 222.23 km/h)
2 Sergio Kolachinski (PR/Ferrari), +1.975
3 Gabriel Zanchetta (SP/Super Aguri), +3.108
4 Daniel Carvalho (SP/Renault), +2.158 [+10s penalty]
5 Luis Morais (SP/Toro Rosso), +1:10.608
6 Lucas Sena (RJ/Renault), 6:49.014
7 Rafael Carvalho (RJ/BMW Sauber), +7.439
8 Gabriel Sarmento (ES/Williams), 6:38.288 [+30s penalty]
9 Eduardo Azeredo (RJ/Ferrari), +50.692
10 Fernando Passos (RJ/Spyker), DNF/Accident (5)
11 Carlos Junior (PA/McLaren), DNF/Connection (0)
12 Felipe Augusto (PE/Super Aguri), DNF/Connection (0)
13 Carlos Zoro (SC/Toyota), DNF/Accident (0)
14 Deco Ganecci (SP/Toyota), DNS
15 Leonardo Schuskel (SP/Honda), DNS
Fastest Lap: ROdrigo Wizard (SP/Honda), 1:15.107

Punições e alertas para próxima etapa
* Os pilotos punidos com 30s (danificar o carro do oponente) estão sob observação,
* Os pilotos punidos com 10s (fazer o oponente rodar) estão sob observação,
* Gabriel Sarmento (usou chat durante corrida) está sob observação,
* Deco Ganecci (usou chat durante corrida) está sob observação,
* Carlos Zoro (ultrapassagens “fantasmas”) está sob observação.

Advertisement

Facebook

Advertisement

VÍDEO DESTAQUE

More in Corridas